Do Bosque para o Mundo

Será possível explicar a crise dos refugiados às crianças? Será que as histórias reais da atualidade transbordam os limites da crueza do imaginário tradicional? Do Mundo, o que escolhemos contar?
“Do Bosque para o Mundo” conta a história de Farid. Farid é um rapaz afegão, de 12 anos, com uma história que poderia ser igual à de muitos outros rapazes, não fosse ter sido enviado pela mãe para a Europa, para um sítio seguro. Farid é um refugiado. “Do Bosque para o Mundo” confronta-nos com a dureza e a coragem. Confronta-nos com a história de um rapaz, entre a vida e a morte, e faz-nos olhar para a nossa própria história.

disponível para digressão

Próximas datas

  • 15 e 17 Novembro 2019, 23 Milhas, Ílhavo
  • 9 e 10 Abril 2020, Le Grand R, La Roche-sur-Yon
  • 27 e 28 Abril 2020, Théâtres en Dracénie, Draguignan
  • 1 Maio 2020, Fórum Jacques Prévert, Carros
  • 11 a 14 Novembro 2020, Cine-Teatro Louletano, Loulé

Encenação
Miguel Fragata
Texto
Inês Barahona
Interpretação
Anabela Almeida e Manuela Pedroso
Cenografia e figurinos
Maria João Castelo
Música
Teresa Gentil
Desenho de luz
José Álvaro Correia
Direcção técnica
Nuno Figueira
Produção
Clara Antunes e Luna Rebelo / Formiga Atómica
Co-produção
Formiga Atómica e São Luiz Teatro Municipal (versão portuguesa) | Formiga Atómica e Théâtre de la Ville (versão francesa)

Público-alvo
Todo o público (M/10)
Duração
50min
Estreia
São Luiz Teatro Municipal, Lisboa 22 Novembro 2016

Espectáculo de abertura 72ª edição Festival de Avignon (IN)