A Visita Escocesa

Esta é uma visita padrão, mas de padrão escocês. Porque existe muito em comum entre a Escócia e o Teatro Nacional D. Maria II: a Escócia tem uma taxa de humidade fora do normal, o Teatro Nacional D. Maria II tem os alicerces metidos na água. A Escócia tem por símbolo nacional o kilt (inventado pelos irlandeses), o Teatro Nacional D. Maria II é um símbolo nacional português (desenhado por um italiano). A Escócia alberga o Festival de Edimburgo, um dos mais importantes festivais culturais do mundo, o Teatro Nacional D. Maria II… é o Teatro Nacional D. Maria II. A Escócia tem a Peça escocesa, o Teatro Nacional D. Maria II tem “A Visita Escocesa”. No entanto, qualquer semelhança entre “A Visita Escocesa” e a Peça escocesa é pura coincidência. “A Visita Escocesa” não tem qualquer ligação à famosa Peça escocesa. Relembramos que quando essa peça de Shakespeare esteve em cena no Teatro Nacional D. Maria II (em 1964) o teatro ardeu. O seu nome “Mac…” não deve sequer ser pronunciado nesta casa…

Encenação
Miguel Fragata
Texto
Inês Barahona e Miguel Fragata
Interpretação
Ana Tang, Sandra Pereira e Victor Yovani (elenco A)
Ana Água, Ana Valente e Marco Mendonça (elenco B)
Cirila Bossuet, Lara Matos e Tomás Varela (elenco C)
Bruno Bernardo, Carolina Dominguez e Catarina Claro (elenco D)
Equipa TNDMII:
Direção de cena
Carlos Freitas, Isabel Inácio, Manuel Guicho, Pedro Leite
Operação de luz
Feliciano Branco, Pedro Alves
Operação de som
Rui Dâmaso
Maquinaria
Marco Ribeiro, Paulo Brito, Rui Carvalheira, Vitor Gameiro
Vídeo
Maria Remédio
Produção
TNDMII

Público-alvo
Todo o público (M/6)
Duração
90min
Estreia
Teatro Nacional D. Maria II, Lisboa | 17 Janeiro 2016