É pró menino e prá menina

As meninas gostam de cor-de-rosa, brincam com bonecas e dançam ballet? Os meninos gostam de azul, brincam com carrinhos e jogam futebol? Ou as meninas jogam futebol e os meninos brincam com bonecas? O que é que as meninas podem fazer e os meninos não podem? O que querem ser (e podem ser) quando forem grandes?
Estas e outras questões colocadas às crianças, assim como as suas respostas, hesitações e também os seus silêncios, foram o ponto de partida para a construção deste espectáculo.
Em cena, um menino e uma menina habitam dois mundos distintos e cheios de convenções. Ao longo do espectáculo aprendem a desafiar as regras estabelecidas, a questionar estereótipos e a retirar etiquetas, descobrindo um lugar novo em que Todos podemos ser Tudo.

disponível para digressão

Próximas datas

  • 12 e 13 Outubro, Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada
  • 4 Dezembro, Biblioteca de Marvila, Lisboa

Encenação
Catarina Requeijo
Interpretação
João Nunes Monteiro e Marta Cerqueira
Cenografia e figurinos
Maria João Castelo
Desenho de luz
José Álvaro Correia
Sonoplastia
Catarina Requeijo e José Álvaro Correia
Assessoria artística
Miguel Fragata
Pesquisa em contexto escolar
Catarina Requeijo e Vera Alvelos
Vídeo
Maria Remédio
Produção
Maria João Santos
Coprodução
Formiga Atómica – Associação Cultural, São Luiz Teatro Municipal, Centro de Artes de Ovar, Centro Cultural Vila Flor e Cine-Teatro Louletano

Público-alvo
3 > 6 anos e público familiar
Duração
40min
Estreia
São Luiz Teatro Municipal, Lisboa 17-23 Janeiro 2019
Contactos difusão
mjgsantos@gmail.com
(+351) 918 402 162